25 março 2015

Resenha: Amor De Redenção

Amor De Redenção
Francine Rivers
Editora: Verus
Páginas: 468
Nota: ♥♥
FAVORITADO (*)

Sinopse: Nesta extraordinária versão da história bíblica de Oseias, a escritora best-seller Francine Rivers nos conta o comovente romance entre uma prostituta e o honesto e gentil agricultor que se casa com ela. A história também funciona como um lembrete do amor incondicional de Deus por seu povo. Amor de redenção começa com a Corrida do Ouro de 1850 e sua atmosfera de dura competitividade e ganância. Angel, vendida como prostituta quando criança, aprendeu a desconfiar de todos os homens, que a veem apenas como uma forma de satisfazer seus desejos. Quando o virtuoso Michael Hosea recebe de Deus a ordem de se casar com Angel, ele obedece, apesar de seus receios. Com o tempo, ela aprende a amar não só Michael, mas também Deus. Rivers mostra aqui sua habilidade de tecer temas espirituais e tensão sexual em uma história muito bem contada, talento que a tornou conhecida como uma das romancistas mais populares do gênero da ficção cristã.


Resenha: Para quem gosta de um bom romance de época sem dúvidas a Francine é a escritora certa! Com sua escrita impecável ela nos apresenta uma história emocionante, surpreendente e dramática. Não tem como não se apaixonar  e se envolver com a trama, simplesmente não consegui deixar o livro de lado por muito tempo, a minha experiência com o livro foi muito rica e satisfatória, por isso gostaria de ressaltar que não fiquem receosos para ler pelo fato de ser relacionada com a bíblia, vale muito a pena ler e não tive como não favoritar, é um dos romances mais lindos que já li.

A trama se passa na Califórnia em 1850, onde a busca pelo ouro e a riqueza é muito grande. Muitas mulheres ganham a vida vendendo o seu corpo por falta de opção e essa é a realidade de Angel que foi vendida aos 8 anos para a prostituição. A partir disso ela viveu muitas coisas e sofreu de tudo um pouco, não há o que o fazer além de aceitar que foi pra isso que nasceu, porém Angel está enganada quando pensa que Deus esqueceu dela e Michael aparece em sua vida para mudar isso.
Desde o começo Michael sabe que é com ela que ele deve se casar. Um homem forte, determinado e obediente ao seu chamado, com isso ele vai aos poucos conquistando espaço na vida de Angel e ganhando o coração ferido dela.
No decorrer da história vamos conhecendo mais da vida de Angel e entendendo o porque dela ter se fechado tanto, de ter perdido sua vontade de viver e de não achar que pode ser uma mulher de fazendeiro decente. É muito triste ver o que o passado de alguém pode fazer consigo, mas o amor é a cura e a autora nos mostra isso perfeitamente.
"- Você vai se casar comigo. Vou tira-la daqui.
 Ela deu risada.
- Bem, é a minha terceira proposta de hoje. Estou muito lisonjeada."
Bom, em alguns momentos fiquei chateada com a Angel como por exemplo a primeira vez em que fugiu, no entanto foi necessário para saber que a vida que ela tinha já não cabia mais.
Os outros personagens fizeram um importante papel na vida dela, pois eles mostraram que mesmo com o seu passado ela era aceita. Amei quando a família Altman aparaceu, pois deu uma continuidade maravilhosa ao enredo.
Sem dúvidas cada personagem foi marcante e teve seu papel muito bem desenvolvido e de importância para a trama.
Ao final podemos ver o tamanho do desenvolvimento e o amadurecimento da Angel após sua própria superação e perdão de si mesma.
Micheal Hosea me cativou de tal forma, seu amor, sua paciência e sua fé fizeram dele um grande personagem.

Muito bem escrito "Amor de Redenção" é uma obra que explora o amor físico e o amor de Deus com duas pessoas completamente diferentes. Uma prostituta que a vida toda não conheceu o verdadeiro amor bate totalmente de frente com ele. Por isso é tão difícil de esquecer uma obra tão completa.
Francine Rivers é autora de diversos outros títulos. Segundo ela mesmo comenta, todos os seus livros são uma forma de se aproximar de Deus. Ela diz que se dedicou a escrever essa história, para as pessoas que lutam para ser deuses de si mesmos, e que descobrem que no fim das contas estão perdidas e desesperadas, mas que não estão sozinhas.

Apesar da história se passar tão antigamente a autora optou por não usar uma linguagem coloquial e sim fluente e contemporânea, agora a descrição das vestimentas e dos personagens condiz com época. 
E a capa está incrivelmente descrevendo a trama. Espero que todos possam ler e se emocionar tanto como eu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário nos deixará extremamente feliz, mas lembre-se: Tenha cuidado, as palavras tem poder.

- Não faça ofensas
- Não seja intolerante
- Não desrespeite a opinião alheia
- Se for divulgar, ao menos comente sobre o blog!

Não se esqueça de no final deixar o link do seu blog pra podermos retribuir, será um prazer.

Obrigada ♥
xoxo