13 novembro 2014

Resenha: P.S. Eu Te Amo

P.S. Eu Te Amo
Cecília Ahern
Editora: Novo Conceito
Páginas: 368
Nota: ♥♥

Sinopse: Gerry e Holly eram namorados de infância e ficariam juntos para sempre, até que o inimaginável acontece e Gerry morre, deixando-a devastada. Conforme seu aniversário de 30 anos se aproxima, Holly descobre um pacote de cartas nas quais Gerry, gentilmente, a guia em sua nova vida sem ele. Com ajuda de seus amigos e de sua família barulhenta e carinhosa, Holly consegue rir, chorar, cantar, dançar e ser mais corajosa do que nunca.







Existem amores que duram mais que uma vida.

Resenha: Desde quando assisti ao filme "P.S. Eu Te Amo" e descobri que tinha o livro, ele passou a fazer parte dos meus desejados e tipo, isso faz anos! E como vocês podem ver, só agora consegui ler, finalmente!
Possivelmente a maioria dos leitores já devem ter lido a obra, ainda mais quem gosta de romances. Então se você faz parte dos que não leram recomendo que deem uma chance, a Cecília escreve com maestria esta história fantástica e emocionante.
Não tem como  deixar passar despercebido os sentimentos que a personagem passou durante todo o processo, sinceramente me envolvi muito e fiquei me pondo no lugar dela a todo momento. Cheguei a me perguntar se eu aguentaria superar a morte de Gerry caso eu fosse a Holly e não sei a resposta até agora. É muito difícil passar por uma perda, mas saber que seu marido foi capaz de criar uma lista para te ajudar a seguir em frente é simplesmente... acho que não existe palavras para descrever isso!
Se preparem para um romance sutil, emocionante e de arrancar lágrimas. Bom, ainda tenho esperanças de que possa existir amores assim.
"Era bom ter lembranças, mas elas não podiam ser tocadas, não tinham cheiro nem forma. Elas nunca eram exatamente como no momento em que aconteciam, e despareciam com o tempo."
A forma como a trama é abordada me deixou desarmada, foi como se tudo fosse real e sim, isso poderia acontecer comigo ou com qualquer um. São dramas reais da vida, temos perdas e existe a superação. O que me chamou atenção foi o fato de que a família e os amigos são essenciais para o processo, porém é algo que precisamos fazer por nós mesmos e a Holly consegue essa convicção. Existem outras coisas para se amar! O livro me acrescentou inúmeras experiências e sem contar que  nos deixa refletindo sobre a vida, como ela é curta!
A narrativa se passa em terceira pessoa, com o foco voltado para a Holly e os bilhetes. Sinceramente queria falar mais dos bilhetes, mas não posso estragar as surpresas que o livro trás e é impossível dizer como me senti em relação.
O cenário se passa na Irlanda e vocês poderão ver como é lindo lá através do filme. Me encantei de verdade quando assisti.
A cada página a personagem vai amadurecendo e se levantando, não tem muito segredo na história. É aquilo, momentos tristes e momentos felizes. Um novo dia e assim vai.
É uma história fácil, apesar do tema e é um livro que flui, a cada páginas você quer ler mais e mais. Não se preocupem não tem só o sofrimento, a Cecília também nos trouxe momentos de descontrações.

Resumindo a Holly e o Gerry tem uma bagagem linda, desde sempre foram amigos, se apaixonaram e se casaram. Mas nós sabemos que "alguns infinitos são maiores que outros", assim começa a lista, de março a dezembro ela deve abrir um envelope e seguir as instruções á risca. Isso faz com que a protagonista se reerga a cada dia.

Apesar da Holly ser o centro das atenções, os outros personagens tiveram suas aparições e acredito que foram fundamentais e muito bem inseridos, talvez sem eles a história não andasse.
Me encantei com a Denise, a Sharon, o John, o Richard, a Ciara e o Daniel. Além deles, parecia que o Gerry mesmo não estando presente ele era o que mais participava. Ele conseguiu ajudar sua esposa com doces palavras e recomendações simples.
É impossível não se apaixonar e se divertir com  os amigos do casal e os irmãos da Holly.

Em relação ao filme, achei que foi muito bem abordado na questão sentimental e até me senti mais triste assistindo do que lendo. Não tenho o que reclamar da adaptação e este é um filme que assisto comendo brigadeiro.
"[...] Precisava lembrar de Gerry e sentir-se feliz em relação ao amor que eles dividiram e o amor que ainda sentia; mas não chorar por ele, não desejar por muitos outros anos com ele, anos que nunca viriam. Ela pensou na frase que ele escrevera  na última carta: 'Lembre-se de nossas lindas lembranças, mas, por favor não tenha medo de criar outras'.  Ela precisava afastar o fantasma de Gerry que a assombrava, mas manter a lembrança viva.
Ainda havia vida para ela após a morte dele."
O final do livro me deixou satisfeita e foi algo óbvio e esperado. A Cecília escreveu perfeitamente bem e não deixou nenhuma ponta solta. Vale muito a pena conhecer a narrativa e super recomendo para os leitores românticos.
Me despedi da personagem sabendo que ela ficaria bem e me sinto de missão cumprida. Jamais esquecerei as lições que aprendi com todos os outros e foi bom dividir esse turbilhão de emoções durante a leitura. Tenho certeza que vocês irão amar.

P.S.: Eu Te Amo.

4 comentários:

  1. Oi Arielle :)

    P.S.Eu te Amo foi (é) um livro muito especial pra mim. Toda a história é magnífica. Os personagens são engraçados e extremamente verossímeis. O livro é incrível, um dos melhores do ano. Concordo com tudo o que você disse em sua resenha. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabriel!
      Um livro lindo sem duvidas e talvez deixei de falar uma coisinha ou outra, mas realmente me encantou. Amei!
      Agradeço a opnião, bjuu.

      Excluir
  2. Eu não tenho coragem de ler esse livro. Chorei tanto com o filme que fico imaginando que com o livro será ainda pior, só que você comentando que se emocionou mais com o filme, me fez pensar que pode acontecer comigo também. Por enquanto, eu passo a leitura, mas não vou descartar. =)

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Denise!
      Realmente é impossivel de não chorar. E tenho certeza de que você vai ler no momento certo.
      Obrigado, bjuu.

      Excluir

Seu comentário nos deixará extremamente feliz, mas lembre-se: Tenha cuidado, as palavras tem poder.

- Não faça ofensas
- Não seja intolerante
- Não desrespeite a opinião alheia
- Se for divulgar, ao menos comente sobre o blog!

Não se esqueça de no final deixar o link do seu blog pra podermos retribuir, será um prazer.

Obrigada ♥
xoxo