17 setembro 2014

[FILME] "Se Eu Ficar"






















Ficha Técnica:

Título original: If I Stay
Distribuidor WARNER BROS.
Lançamento: 4 de setembro
Ano: 2014
Duração: 1h:46min
Gênero: Drama
Nacionalidade: EUA
Direção: R.J. Cutler
Roteiro: Shauna Cross
Compositor: Heitor Pereira
Produtora Executiva: Gayle Forman
Elenco: Chloë Grace Moretz (como Mia Hall); Mireille Enos (como Kat Hall); Joshua Leonard (como Denny Hall); Jamie Blackley (como Adam); Stacy Keach (como Grandpa); Liana Liberato (como Kim Schein); Jakob Davies (como Teddy Hall); Aisha Hinds (como Nurse Ramirez); entre outros
Sinopse: Mia Hall (Chlöe Grace Moretz) é uma prodigiosa musicista que vive a dúvida de ter que decidir entre a dedicação integral à carreira na famosa escola Julliard e aquele que tem tudo para ser o grande amor de sua vida, Adam (Jamie Blackley). Após sofrer um grave acidente de carro, a jovem perde a família e fica à beira da morte. Em coma, ela reflete sobre o passado e sobre o futuro que pode ter, caso sobreviva.


Minha Opinião:




Bom, eu ainda não consegui ler o livro e mesmo assim parti para o cinema afim de assistir este filme. E achei um ponto positivo eu ainda não ter lido "Se Eu Ficar", assim consegui analisar a obra cinematográfica sem comparar com o livro. Fui totalmente de mente limpa e sem saber muito do que se tratava a trama, só sabia que muitos leitores amaram a história. E sim, achei tudo lindo e dramático e não sei porque não chorei quando se devia ter chorado. Agora, espero conseguir ler os livros para estar preparada para a continuação.

Como vocês bem sabem "Se Eu Ficar" foi baseado no best-seller do Gayle Forman que anteriormente foi lançado aqui no Brasil pela Rocco, mas que atualmente a Novo Conceito o relançou e antes nem sabia que existia o livro até esses dias. A publicidade foi tanta que foi uma das coisas que me levaram ao cinema.
A trama foi bem inspiradora e agora estou me perguntando o que acontece depois. O final me deixou extremamente curiosa, mas tenho que esperar e ver o que vai acontecer e espero muita emoção.
O filme conta a história de um jovem casal de músicos que tem tudo para dar certo ou errado, dependendo de ambos. E durante a narrativa a protagonista Mia se dividi contando este caso de amor enquanto ela vive o momento do acidente que sofre e ai está a questão ou vai ou fica.


É uma história que implica amor, drama, perdão, amizade... Pode ser considerado até clichê para muitos e como confessei anteriormente o clichê sempre rende uma boa história. A vida é assim e não tem como negar!
Apesar de não ter chorado, consegui sentir o que o filme passa, na qual é uma grande moral. Temos que dar valor ao que temos e viver plenamente, porque nunca se sabe o que o futuro reserva, podemos perder tudo o que amamos num piscar de olhos.
O drama pode ter falhado em algumas partes e também não ter tido um grande roteiro, mas foi tocante e emocionante, nunca vou esquecer de que a vida é valiosa.
"Se Eu Ficar" é maravilhoso, cativante, doloroso e até engraçado. Quem ainda não assistiu, o que estão esperando? Corram!

Os personagens foram muito bem construídos, consegui acompanha-los e entender as implicâncias que sofreram.
A Mia (Chloë Grace Moretz), é uma garota tímida, diferente, longe de ser popular e que vive com a música. Ela toca violoncelo desde criança e isto é sua paixão. Achei isto lindo, é um instrumento tão belo e que produz sons tocantes. Combinou perfeitamente com ela e amei as cenas em que ela toca! Assim, a Mia tenta uma bolsa para a Julliard e a sua apresentação é de tirar o fôlego.
O Adam (Jamie Blackley) é o tipico garoto que todas nós meninas nos apaixonaríamos facilmente. Lindo, popular, descolado e tem sua própria banda de punk rock. Imaginem este pacote mais ele sendo um cara fofo. Apaixonante, com certeza! As cenas que ele está no palco são tudo de bom, acreditem.
Eles se conhecem quando ela está tocando, então aí ele já a chama para sair e acontece tudo. O casal vive momentos bem legais e apaixonados, porém o Adam tem a sua banda e precisa viajar. Enfim, eles ficam em partes distantes durante o relacionamento. Acontece bastante coisas no período, até que começa o desgaste.


Quando acontece o acidente, o casal não está mais junto. As cenas no hospital são emocionantes, é ai que acontece os flashbacks entre o passado e o presente. 
Agora a Mia, tem que lutar para viver. Ela se encontra em coma e fica em espírito vendo tudo o que está acontecendo ao seu redor.
Dou destaque para o avô (Stacy Keach) dela, que apesar de aparecer pouco tem muita importância nas atitudes da Mia, foram umas das cenas mais tocantes.
Também gostei dos seus pais que são maravilhosos e que toda filha gostaria de ter. Rockeiros, imaginem, totalmente descolados. 
Um ponto negativo que encontrei foi que faltou explorar mais a dor de Mia no quesito da perda, foi a unica coisa que encontrei que faltou explorar.


Tenho certeza que todos irão gostar. Adam e Mia formaram um belo casal apaixonado, mas também apaixonados pela música e ambos precisam conquistar seus sonhos. É bonito de se ver esta paixão e é inspirador.
A trilha sonora está perfeita. E também gostei da roupa dela, minha cara. Quero uma igual!
Super indico o filme para todos, vale muito apena! É  a primeira vez que falo sobre um filme aqui no blog, espero que tenha ficado a altura da obra e das resenhas que faço.

Resenha do livro: ["Se Eu Ficar"]
(feita pela Juliana em vídeo)

Trilha Sonora:


1-) Who Needs You, The Orwells
2-) Until We Get There, Lucius
3-) I Want What You Have, Willamette Stone
4-) All of Me, Tanlines
5-) Promise, Ben Howard
6-) Say Something, A Great Big World & Christina Aguilera
7-) Never Coming Down, Willamette Stone
8-) Halo, Ane Brun & Linnéa Olsson
9-) I Will Be There, Odessa
10-) Mind, Willamette Stone
11-) Morning, Beck
12-) Karen Revisited, Sonic Youth
13-) Today, Willamette Stone
14-) Heart Like Yours, Willamette Stone
15-) Heal (If I Stay Version), Tom Odell
16-) I Never Wanted To Go (Bonus Track), Willamette Stone
17-) Suite No. 1 in G Major for Solo Cello, BWV 1007: Prelude (Bonus Track), Bach Prelude
18-) Cello Concerto in A Minor, Op. 33 (Excerpt) (Bonus Track), Saint Saens
19-) Sonata in B Minor for Solo Cello, Op. 8 (Bonus Track), Alisa Weilerstein

Trailer:


Até mais, Pessoal!

12 comentários:

  1. Ai meu Deus, tão lindas as imagens e músicas <3 Nem acredito que ainda não vi a adaptação de um dos meus livros favoritos. Dessa semana não passa, vou aos cinemas!

    Beijos
    Passaporte Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jhey!
      Também achei as imagens lindas, queria colocar todas.
      Você tem que assistir, mesmo.
      Agradeço a visita, bjuu *_*

      Excluir
  2. Ainda não pude ver o filme, mas estou super ansiosa para ver.
    Quero saber o que mudaram em relação ao livro, e como tudo foi afetado pelas mudanças que o cinema costuma fazer.
    Acho o livro de uma filosofia incrível! Queria que o filme conseguisse passar ao menos isso. [

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol!
      Não li o livro, mas acredito que o filme ficou um arraso. Espero que essa filosofia tenha ficado.
      Agradeço a visita, bjuu.

      Excluir
  3. Tudo lindo as imagens, as músicas, os atores, a história, ainda não tive a oportunidade de ler o livro mais o filme é incrível e ainda pretendo ler o livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bia ficou tudo lindo mesmo e sim temos que ler esta obra.
      A Thais chorou enquanto a gente nem pensou em desgrudar os olhos da tela. Amei sz
      Agradeço por comentar, bjuu.

      Excluir
  4. Já vi algumas resenhas do livro no qual o filme foi baseada, mas essa é a primeira resenha do livro que leio. De qualquer forma parece ser bom.

    thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Flavia!
      Que bom que gostou, agradeço a visita!
      Bjuu

      Excluir
  5. Ainda não li o livro e nem vi o filme,mas espero conhecer os dois em breve,o filme parece ser tocante e apesar das suas ressalvas uma ótima escolha para assistir.

    Espero me emocionar bastante,e adoro um bom clichê,como você disse a vida é feita deles mesmo.

    bjss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bia você tem que assistir e clichê emociona, então vai fundo.
      Obrigado pelas visitas, bjuu *_*

      Excluir
  6. Ja li o livro e vi o filme. O livro é muito mais completo em questao de passar a dor da perda dela. Mas se tivessemos um filme no clima do livro ninguem aguentaria assistir :/ o que tem de cena comica no filme é diminuido pra menos da metade no livro, então o clima é mais pesado.

    Sobre o avô dela ele tem um papel mais forte no livro, mas acho que a pequena participacao dele no filme foi suficiente para passar as emocoes dele...

    Adorei o seu blog!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leticia!
      Verdade o livro é sempre mais completo e profundo. Ao julgar o filme, ele conseguiu ser emcionante e agora imagino o livro que deve ser uma loucura de emoções.
      Agradeço a vista, bjuu *_*

      Excluir

Seu comentário nos deixará extremamente feliz, mas lembre-se: Tenha cuidado, as palavras tem poder.

- Não faça ofensas
- Não seja intolerante
- Não desrespeite a opinião alheia
- Se for divulgar, ao menos comente sobre o blog!

Não se esqueça de no final deixar o link do seu blog pra podermos retribuir, será um prazer.

Obrigada ♥
xoxo