20 agosto 2014

Resenha: A Última Nota

Olá, Pessoal!!
Como vocês podem ver minhas leituras estão progredindo. Confiram mais uma nova resenha:

A Última Nota
Felipe Colbert & Lu Piras
Editora: Novo Século
Páginas: 260
Nota: ♥♥

Sinopse: Quando Alícia Mastropoulos se apresenta pela primeira vez como a principal violinista na Orquestra de sua Universidade, ela não tem ideia dos acontecimentos que este fato desencadeará. Decidida a tocar uma composição inédita deixada por seu falecido avô em vez da música programada, ela se emociona e erra a última nota, mas ninguém parece perceber. No dia seguinte, recebe a notícia que um jovem desconhecido é encontrado no coreto próximo ao local da apresentação e levado para um hospital. Quando acorda, ele não se lembra de nada, apenas chama pelo nome dela. Ele, o belo e misterioso rapaz de olhos azuis, é exatamente o que Alícia precisa evitar. Porém, a aproximação entre os dois se torna inevitável quando ela descobre que sua avó, Cecília, tomando conhecimento do caso, hospedou-o e ainda lhe deu o nome de Sebastian. Preocupada, Alícia pede que sua avó o afaste de casa, antes que a situação traga problemas para sua família e para o seu namoro com Theo. Percebendo a relutância da avó e incomodada com a proximidade cada vez maior de Sebastian, Alícia decide apressar o noivado com Theo, para a satisfação de seus pais, que veem com bons olhos um casamento entre duas famílias tradicionais gregas. Só que, aos poucos, ela começa a descobrir uma intensa atração pelo rapaz desconhecido, que a levará a entender, enfim, o mistério que o envolve, a resgatar histórias do passado e a tomar importantes decisões para o futuro.

Resenha: Sem mas resolvi dar uma chance á este livro, até porque a capa me chamou bastante atenção e achei que seria viável ler já que a Juliana e a Aline penderam a resenha e a leitura.
Fazia um tempo que já não lia nada nacional e queria analisar por mim mesma esta obra, pois acabei lendo algumas resenhas que falavam bem da trama. No entanto, as minhas expectativas não foram atendidas, esperava algo mais incrementado, sei lá, talvez os autores podiam ter explorado melhor a ideia, porque sem dúvidas este é um tema interessante e original para se escrever.
Longe do livro ter sido ruim, digo até que ele é bom! Mas, fiquei insatisfeita porque poderia ter sido muito mais. Enfim, teve os seus pontos positivos e negativos como todo livro. E pode ser que vocês gostem mais do que eu.
Pela sinopse imaginava algo totalmente diferente do que é e o titulo também me trouxe uma curiosidade enorme do que essa última nota é capaz de influenciar na trama. Talvez isso tenha despertado grandes expectativas da minha parte e por isso acabei me decepcionando ao terminar e pensando "É só isso?!". Por isso caro leitores, vão para esta leitura sem pensar muito, pois definitivamente queria um mais na história.

A trama se passa no cenário carioca com uma família de tradições gregas e achei isso bem legal, afinal a Grécia é um país mitológico e sensacional. A obra trás em si uma essência musical como se pode ver e é notável a presença do violino, um instrumento tão lindo. Essas características é um dos pontos positivos que mais amei.
O livro traz conflitos familiares, amorosos e até uma certa crise de identidade. A personagem passa por diversas situações emocionais onde ela tem que tomar decisões por si mesma. Diria que ela se descobre ao passar por todo este turbilhão. É uma história leve e sem muitos acontecimentos grandiosos, não tem nada de uau, mas retrata algo fofinho e bonitinho e por isso indico para o publico mais jovem.
Os capítulos são excepcionalmente curtos o que torna uma leitura fácil. Acabei lendo bem rápido por isto e por haver poucas páginas. 
"-Pensem em uma gota e depois em um oceano. Agora pensem primeiro no oceano e depois na gota. O meu amor por Sebastian é assim: pode ser uma gota ou o oceano inteiro, não importa. O que importa é que um e outro se complementem , independente do referencial."
A protagonista não se sobressaiu ao meu ver, achei que poderia ter sido mais. Porém, não achei suas atitudes ruins e até que consegui entende-la. Realmente achei que a Alicia é uma grande violinista e que soube se expor no seu instrumento e se fez parte dele. Sobre este fato, acho que poderia ter sido mais extraído para a história e ter trago mais emoção.
Os autores meio que criaram um triangulo amoroso que foi importante para a trama. A Alicia poderia escolher continuar a tradição com o Theo ou escutar o seu coração e ficar com o Sebastian. Respectivamente os pretendentes se mostraram de formas diferentes, um é ideal e errado e o outro perfeito e certo. Talvez eu ficaria com os dois e pronto!
Sobre os personagens secundários, gostaria de citar a sua avó Cecília que teve uma grande participação e que realmente foi importante para o direcionamento da trama. Os seus pais são totalmente tradicionais e tem aquilo de viver no correto, isso dificultou bem a vida da protagonista e por isso teve tantas complicações.

Esperava um final diferente, mas esse foi um bom desfecho. É ai que conseguimos entender o que é a última nota e o que isso pode mudar, enfim não vou dar spoilers. 
A capa como disse antes é linda e chamativa, é bem aquilo de ir pela capa. Simplesmente adorei e isso ajudou bastante na hora de classificar o livro como bom. A diagramação é bem agradável com ótima fonte e espaços e a folha naquele tom amarelado.
É recomendado para quem quiser passar o tempo lendo. É uma leitura tranquila e fácil, por isso não digo "não leiam". Diria que é um livro doce!

Bom, pessoal espero que gostem e que comentem suas opiniões. Até mais!

4 comentários:

  1. Primeiro: Eu acho a capa desse livro lindaaa!! Tem muito tempo que não leio um livro nacional. Na verdade teve uma época que eu estava lendo demais, ai eu enjoei. Mas talvez eu de uma chance para este livro.
    Bjokas

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é bem bonita mesmo. Os nacionais estão cada vez melhores.
      Obrigado por dar uma passadinha por aqui.
      Bjuu.

      Excluir
  2. Tem coisas nesse livro que realmente adoro! Como o lance do uso da música e um pouco desse sobrenatural que aparece aqui. Também curto a família louca da protagonista. Mas também não gosto de outras tantas coisas. Como se tivessem sido mal construídas. Do mesmo jeito que gosto da surpresa da aparição do Sebastian, sinto que faltou algo no desenrolar da trama do cara. Não sei bem explicar, mas é como me sinto em relação a história. :/

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Carol! É assim que me sinto também, talvez poderia ter sido um mais esta obra.
      Obrigado por deixar sua opnião.
      Bjuu.

      Excluir

Seu comentário nos deixará extremamente feliz, mas lembre-se: Tenha cuidado, as palavras tem poder.

- Não faça ofensas
- Não seja intolerante
- Não desrespeite a opinião alheia
- Se for divulgar, ao menos comente sobre o blog!

Não se esqueça de no final deixar o link do seu blog pra podermos retribuir, será um prazer.

Obrigada ♥
xoxo