24 agosto 2014

Resenha: Desejo à Meia-Noite

Bom Dia, Leitores do RV!
Hoje temos mais uma resenha nova, dessa vez de livros em série. Logo mais, terá a resenha da sequencia. Então confiram abaixo o post completo:

Os Hathaways - Desejo à Meia-Noite
Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
1/5
Nota: ♥♥

Sinopse: Após sofrer uma decepção amorosa, Amelia Hathaway perdeu as esperanças de se casar. Desde a morte dos pais, ela se dedica exclusivamente a cuidar dos quatro irmãos – uma tarefa nada fácil, sobretudo porque Leo, o mais velho, anda desperdiçando dinheiro com mulheres, jogos e bebida. Certa noite, quando sai em busca de Leo pelos redutos boêmios de Londres, Amelia conhece Cam Rohan. Meio cigano, meio irlandês, Rohan é um homem difícil de se definir e, embora tenha ficado muito rico, nunca se acostumou com a vida na sociedade londrina. Apesar de não conseguirem esconder a imediata atração que sentem, Rohan e Amelia ficam aliviados com a perspectiva de nunca mais se encontrarem. Mas parece que o destino já traçou outros planos.
Quando se muda com a família para a propriedade recém-herdada em Hampshire, Amelia acredita que esse pode ser o início de uma vida melhor para os Hathaways. Mas não faz ideia de quantas dificuldades estão a sua espera. E a maior delas é o reencontro com o sedutor Rohan, que parece determinado a ajudá-la a resolver seus problemas. Agora a independente Amelia se verá dividida entre o orgulho e seus sentimentos.
Será que Rohan, um cigano que preza sua liberdade acima de tudo, estará disposto a abrir mão de suas raízes e se curvar à maior instituição de todos os tempos: o casamento?

Resenha: Este é um daqueles livros que não estava na minha lista de próximas leituras, no entanto acabei lendo algumas resenhas em uns blogs e acabou vindo uma enorme vontade de conhecer a série e acabei encontrando-o na biblioteca. Por fim, fui lendo e me envolvendo na narrativa, até que quando dei por mim eu o havia devorado. Realmente me surpreendi bastante com a obra e pretendo concluir a série e não ficar empacada como fiz com a maioria.
Para falar a verdade adoro sequencias que envolvam famílias, é muito gostoso acompanhar a trajetória toda e acabo me envolvendo de verdade com todos os membros. Apesar de até agora só ter lido o primeiro volume de "Os Hathaways" já estou aqui torcendo pelos outros irmãos e imaginando quem será seus amados. É muito engraçado essa conexão que tenho com os personagens, que acabo até sonhando!

Bom, a trama é maravilhosa e ainda tem muito o que explorar lá na frente. Espero que a Lisa use muito bem o que tem nas mãos e pelo que andei lendo de resenhas os livros vão ficando cada vez melhores, assim espero, pois detestaria que as minhas expectativas não sejam atendidas.
O cenário se passa na Inglaterra em épocas bem distantes pra nós, no meio de homens nobres, mulheres de espartilhos, carruagens e todas essas coisas tão antigas, mas inesquecíveis. O melhor da história foi poder ter viajado para esta época e vivenciar um pouco do que era antigamente.
A Lisa ainda traz para a obra cenas picantes, na qual já esperava pelos títulos de cada livro. Os personagens já começam cheios de desejos e isso é muito doido, mas ainda bem que a autora soube desenvolver a história não comprometendo-a só com cenas hot.
Enfim, ela tem uma ótima escrita e trouxe uma história desenvolvida que tem muito pra contar ainda. A narrativa está em terceira pessoa, na qual os protagonistas alteram seus pontos de vista. A trama aborda em si uma família que está longe de ser perfeita, que passa sim por dificuldades, mas que se amam e se ajudam. Os Hathaways são bem o retrato de uma família grande e doida.
Posso garantir que não é um livro parado, porém são ações grandiosas para aquela época. É uma leitura muito gostosa e prazerosa.
"-Os rons acreditam que se deve seguir o chamado da estrada e nunca voltar atrás. Pois nunca se sabe das aventuras que estão por vir.
[...]
-Então vamos seguir esta estrada - murmurou - e ver aonde ela nos levará."
Os personagens são bem encantadores, principalmente o protagonista Cam que é literalmente um pedaço de mal caminho. A Amelia é mulher considerada forte, ainda mais para aquele tempo. E foi bem empolgante quando os mocinhos se encontram, bem empolgante mesmo!
Ambos foram bem desenvolvidos, tiveram desenvoltura e conseguiram o amadurecimento esperado. Como todo casal, tiveram seus conflitos e superaram. Estou bem ansiosa para ver mais deles nos próximos volumes.
Sobre os personagens secundários não tenho muito o que falar, afinal cada membro da família terá seu próprio livro e com certeza aparecerá novatos no decorrer da série.

O final, ainda não foi bem um final. Ainda teremos mais de Amelia e Cam pela frente, no entanto o livro trouxe um fim instigante e com um enorme gancho, deixando claro do futuro dos protagonistas. Gostei de como terminou, foi agradável e nada sofrido por mim. Espero bastante de " Sedução ao Amanhecer" o próximo livro.
A único defeito da trama, foi o jeito que o romance aconteceu, foi tudo muito rápido e poderia ter convencido melhor, afinal estamos falando de uma história de época. Porém como é o primeiro livro fica mais difícil, acredito que os próximos virão maravilhosamente sem falhas.
A capa é sensacional, assim que vi me apaixonei! Esse vestido é belíssimo tanto na cor como no modelo e confesso ter lido mais porque a capa me chamou mais que a história. A diagramação também não deixa a desejar, a Arqueiro está de parabéns com as publicações. Apesar de haver poucas páginas, é uma ótima leitura e recomendo para todos vocês.

Espero ter colocado todos os pontos aqui na resenha, então não deixem de expressar suas opiniões. Já estou com a sequencia em mãos, logo mais posto aqui. Até mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário nos deixará extremamente feliz, mas lembre-se: Tenha cuidado, as palavras tem poder.

- Não faça ofensas
- Não seja intolerante
- Não desrespeite a opinião alheia
- Se for divulgar, ao menos comente sobre o blog!

Não se esqueça de no final deixar o link do seu blog pra podermos retribuir, será um prazer.

Obrigada ♥
xoxo