25 junho 2014

Resenha: Princesa Adormecida

Heeeeey, Pimentinhas!!
Trago mais uma resenha para vocês. Espero que gostem e comentem, não deixando de colocar os links dos seus blogs para visita.

Princesa Adormecida
Paula Pimenta
Editora: Galera Record.
Páginas: 192
Nota: ♥♥♥♥

Sinopse: Era uma vez uma princesa... Você já deve ter ouvido essa introdução algumas vezes, nas histórias que amava quando criança. Mas essa princesa sou eu. Quer dizer, é assim que eu fiquei conhecida. Só que minha vida não é nada romântica como são os contos de fada. Muito pelo contrário. Reinos distantes? Linhagem real? Sequestro? Uma bruxa vingativa? Para mim isso tudo só existia nos livros. Meu cotidiano era normal. Tá, quase normal. Vivia com meus (super protetores) tios, era boa aluna, tinha grandes amigas. Até que de uma hora pra outra, tudo mudou. Imagina acordar um dia e descobrir que o mundo que você achava que era real, nada mais é do que um sonho. E se todas as pessoas que você conheceu na vida simplesmente fossem uma invenção e, ao despertar, percebesse que não sabe onde mora, que nunca viu quem está do seu lado, e, especialmente, que não tem a menor ideia de onde foi parar o amor da sua vida. Se alguma vez passar por isso, saiba que você não é a única. Eu não conheço a sua história, mas a minha é mais ou menos assim...



Resenha: Antes de qualquer coisa, queria dizer que como fã da Paula, quis imediatamente ler o livro assim que lançou. E graças á boa alma de uma amiga, ganhei de presente e pude finalmente ler.
Então nem preciso dizer que as minhas expectativas estavam a mil, afinal é uma releitura de um conto de fadas – A Bela Adormecida – e eu já havia gostado do conto que a Paula escreveu na coletânea “O Livro das Princesas”. Sem contar que comecei a gostar mais dessa ideia de príncipes, princesas, bruxas e todo o resto. E foi bem interessante viver num conto de fadas e deixar a realidade por um momento de lado.

Bom, agora falando sobre as minhas impressões da obra que foram tantas, fica difícil passar tudo certinho aqui na resenha. Mas, vamos lá. Sinceramente, achei que ficou uma brecha para um algo mais, sei lá, acho que esperava algo diferente e, no entanto achei essa releitura bem melhor do que a que a Lauren Kate escreveu na coletânea, a Paula foi bem mais criativa.
Talvez, a autora podia ter prolongado um pouco mais a história e ter trabalhado melhor a trama. Mas, apesar de tudo, gostei dos personagens criados e das situações como foi tudo colocado. É um livro gostoso de ler, além de ser aquele “era uma vez” e “viveram felizes para sempre” que todas nós garotas sonhamos.

"[...] Céus, isso é o que acontece quando você passa a vida inteira reclusa, sem ter contato com meninos: uma carência do tamanho do mundo!"
Acho que todos nós já conhecemos o conto da “A Bela Adormecia” ou pelo menos sabem mais ou menos como é e por coincidência a Paula lançou o livro próximo ao filme “Malévola”, então não fica tão difícil acessar esse mundo do faz de conta e desta princesa em questão.
Enfim, a princesa deste livro é um pouco diferente, ela descende do sangue real de Liechtenstein – o país – e acaba tendo que mudar sua vida desde pequena por causa da bruxa Malleville e a menina acaba levando pra ilusão esse acontecimento enquanto adolescente. Agora se ela se espeta, dorme profundamente e é despertada por um príncipe?!É mais ou menos assim, mas não posso falar mais do que isso se não estraga.

Áurea Bellora é a nossa princesa e descrevendo ela, no começo do livro não tem como dizer se gostei ou não dela, mas depois que a história dá uma prolongada é quando dá para conhecê-la melhor. É uma garota simples, um pouco ingênua e acaba se apaixonando gradativamente, assim, confesso que achei desnecessária a paixão já que eles não tinham contato e até pensei que o garoto era um impostor. Mas, contos de fadas são assim e já sabemos o que esperar.
Agora, sobre os personagens secundários a começar pelos seus tios, amei eles e queria tê-los na minha família. E também sobre o Phil, que fiquei um pouco insegura com ele, mas era tudo uma estratégia da autora.
A história mesmo gira em torno da Áurea e a Malleville nem participa muito, apenas é citada várias vezes.
O final foi um pouco inesperado, afinal consegui ser enganada pela autora. Mas, gostei bastante do desfecho e fiquei curiosa para saber mais do futuro dos personagens.

"- Minha fofa, você pode até não saber, mas está apaixonada sim! Você está totalmente dando bola pra esse garoto e toda derretida com os elogios dele..."
A Paula Pimenta, sem dúvidas é maravilhosa. Sua escrita não se compara e o seu sucesso não é atoa, porque ela se parece com as suas leitoras. Pelo menos eu a vejo em mim e eu nela. Mal posso esperar para ler mais obras suas.

O mais bonitinho do livro é a diagramação, que faz jus ao livro todo. E a capa sem dúvidas é perfeita, a Galera está de parabéns, o livro ficou encantador. – acho que esta é a palavra – As letras estão num tamanho bom, às folhas são amareladas e tem uma textura ao vira-las.
Gostei também, de conter noticia de jornais compondo a trama e de mostrar as trocas de mensagens de texto, principalmente aquela do epílogo.
Sem dúvidas nenhuma recomendo o livro, é uma leitura leve e mágica, na qual a Paula nos proporciona um novo “Era uma vez...”

Até mais, pessoal!



2 comentários:

  1. Oi Tudo bem? =)

    Eu achei o livro bonitinho, mas um pouco fraco. Achei que a trama foi fraca, e concordo que a Paula podia ter trabalhado melhor... talvez prolongado um pouco mais a história. Eu terminei o livro com a sensação de que faltava algo. É uma leitura agradável, mas como estava esperando muito, poderia ter sido melhor.

    Enfim. Adorei sua resenha. Expõe muito bem os pontos do livro.

    Beijos,
    Livy
    No Mundo dos Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por comentar!
      Realmente nós concordamos, mas apesar disso a Paula é ótima escritora.
      Beijos.

      Excluir

Seu comentário nos deixará extremamente feliz, mas lembre-se: Tenha cuidado, as palavras tem poder.

- Não faça ofensas
- Não seja intolerante
- Não desrespeite a opinião alheia
- Se for divulgar, ao menos comente sobre o blog!

Não se esqueça de no final deixar o link do seu blog pra podermos retribuir, será um prazer.

Obrigada ♥
xoxo