15 maio 2014

Resenha: Ame o Que é Seu

Olá, Pessoal!!
Hoje tem mais uma resenha para vocês e finalmente voltei a ler um pouco mais.

Ame o Que é Seu
Emily Giffin
Editora: Novo Conceito
Páginas: 310
Nota: ♥♥♥♥

Sinopse - Ame o que é seu - Love the one you're with - Emily Giffin
“Como amar de verdade a pessoa que está comigo, se não consigo esquecer alguém que ficou no passado?”.
O tema deste livro deixa aquela pulga atrás da orelha, te faz imaginar como seria a vida se tivéssemos feitos outras escolhas. Esta é uma história para quem algum dia já se perguntou isso.

Em Ame o que é seu o leitor encontrará a história de uma mulher (Ellen) dividida entre o amor real e aquele fatídico 'E, se'.
O casamento de Ellen e Andy não parece perfeito, ele é perfeito. São inegáveis a profundidade da devoção mútua e o quanto um esperta o melhor do outro. Mas por obra do destino, certa tarde, Ellen revê Leo pela primeira vez em oito anos. Leo, aquele que partiu seu coração sem se explicar, aquele que ela não conseguiu esquecer.
Quando o reaparecimento dele desperta sentimentos há muito adormecidos, Ellen se põe a questionar se sua vida atual é de fato como ela queria que fosse.
O desenrolar da história é contagiante, pois a cada página acontecem novas cenas que é quase impossível abandonar a leitura, ou ... não se colocar em seu lugar.

Sempre que houver escolha, haverá dúvida.

Resenha: Fazia um bom tempo que queria ler este livro e num dia de pressa foi o primeiro que vi na prateleira da biblioteca que fazia parte da minha lista, assim o trouxe para casa afim de conhecer um pouco mais da escrita da Emily. E sinceramente li bem devagar, mas confesso que ela escreve muito bem e como a nossa Jú diz; "É tudo muito bem escrito". Gostei mesmo da Emily.
O jeito que ela escreve é perfeito e o que pude perceber é que em seus livros sempre tem uma mensagem para seus leitores. E digo que a Giffin tem total razão quando se diz Ame o Que é Seu.

Bom, a história é simples e com personagens determinados comuns, e o interessante é isso, afinal é como se fossemos nós mesmos passando por aquela situação.
E como todo bom romance não se pode faltar um triangulo amoroso. É assim, que começa o livro, já com o conflito da personagem: vivendo uma vida perfeita ao lado de seu marido, mas que se balançou ao reencontrar seu antigo amor mal resolvido e, ai o que fazer?!
Me irritou esse fato em dado momento, afinal, poxa vida você tem tudo e ainda pensa que deixando tudo para trás vai dar certo com alguém tão indefinido. No entanto, acho que é assim mesmo, existe duvidas e se não houvesse como escolheríamos o certo, o talvez o errado?!
"E fico me perguntando porque o ódio com frequência dá a impressão de ser um componente do amor - ou, no minimo, uma forma de medi-lo."
Ellen é a responsável por tudo isso, a causa desse turbilhão emocional. Apesar de tudo gostei dela, é uma mulher boa e de sorte. E confesso que suas ações foram um pouco imaturas, mas acho que foi até bom, porque as vezes é preciso tomar um chacoalhão mesmo.
O Andy, o seu marido é simplesmente perfeito. Todo marido que sonhasse ter, nem tem o que falar. E já o Léo, o ex, não gostei dele e acho que é porque eu sempre fico do lado do mocinho, não que ele fosse mal, mas isso é algo pessoal meu.
E por ultimo sobre os personagens, a Margot não pode passar abatida, afinal gostei bastante dela. Muito boa amiga por sinal e cheia de personalidade e estilo, que apesar de ser rica não tem nada de esnobe.

Sobre o final, realmente esperei que a Ellen fizesse a escolha certa e não foi nenhuma decepção como leitora, porém, acho que deveria ter tido uma amostra a mais do futuro, pois me deixou curiosa saber como foi depois.
É uma leitura suave e agradável. E a capa é maravilhosa, essa edição é a melhor e super me apaixonei por ela, é muito fofa. As letras estão num tamanho bom e as páginas são amareladas e vem com um ramo de flores ao começo de cada capitulo. Sem contar os quotes que encontrei, que são ótimos, pena que não dá pra colocar todos.
Sim, eu recomendo a leitura e é bom conhecer a escrita da Emily. E quem sabe mais para frente leio outra obra dela?!
"[..] como um lembrete de que o amor é uma soma de nossas escolhas, o vigor do nosso compromisso, o laço que nos une, Feliz comigo mesma que amo tudo o que é meu."

Até a próxima!

2 comentários:

  1. Oiee ^^
    Li um dos livros da Emily e me decepcionei bastante com ele, era uma leitura cansativa e os personagens não eram legais, então desisti de ler os livros dela. Saber que o final não é lá grande coisa me desanimou mais *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Bom, li apenas 3 obras e a melhor foi "Presentes da Vida", achei maravilhoso!!
    Quem você num se anima.
    Obrigado por comentar,
    Beijos.

    ResponderExcluir

Seu comentário nos deixará extremamente feliz, mas lembre-se: Tenha cuidado, as palavras tem poder.

- Não faça ofensas
- Não seja intolerante
- Não desrespeite a opinião alheia
- Se for divulgar, ao menos comente sobre o blog!

Não se esqueça de no final deixar o link do seu blog pra podermos retribuir, será um prazer.

Obrigada ♥
xoxo