01 abril 2014

Resenha do livro O Trio

Oi pessoal, eu andei sumida, mas é complicado ser vestibulanda.
Eu trouxe para vocês a resenha do livro O Trio, da autora Alane S. A. Brito, que nos enviou esse livro com todo carinho. Ele é da editora Novos Talentos da Literatura Brasileira.


O diferencial desse livro - além de diversas questões de enredo que eu trato na resenha - é que ele é todo ilustrado e as ilustrações foram desenhas pela própria autora. Eu achei isso absurdamente original, sem considerar que os desenhos são lindos e muito bem traçados.
Eu vou colocar abaixo algumas ilustrações e trechos do livro que eu gostei.


''É fato que são os detalhes que  marcam nossas vidas e é o que fazem a diferença em dias saudosos. Os míseros, mas preciosos detalhes.'' 



''O amor profundo é se entregar a um destino impreciso, desarmar-se e ser só sentimento, arriscar-se a não ser correspondido, ter esperanças em meio a tormentos, é se dividir, se privar, sofrer, angustiar-se, mesmo assim, viver e não amar, é viver incompleto.''



"Meu destino não seria controlado por mim. Mas será que isso dependeria das escolhas que eu fizesse? Ou seja, as consequências viriam depois que eu decidisse que caminho seguir ou essa escolha já tinha sido escrita? Quer dizer, dependeria de fato só de minhas decisões? Provavelmente não importava o que eu fizesse tudo me levaria a um único fim. Eu estava bem confuso."   


"Eu queria ter os olhos como os de Jordan, e não essas duas bolas nem marrons nem pretas. Os dele tinham um tom de azul, tão azul, que, às vezes, pareciam estar acesos. Os cabelos também eram pretos, só que mais lisos que os de Nelson. Era muito bem afeiçoado, aliás, a fama da boa aparência da família Merkel vinha desde Vale Pardal. Mas é uma pena que beleza não serve como certificado de boa índole.''


''Então, comecei a entender que a morte atinge a todos, independentemente de que idade tinha, e que o dia seguinte poderá não existir, seja lá para quem for."


''As pessoas daqui são hipócritas! 
Dizem que não me punem, mas não sei se tem pena pior que o desprezo...''


''Lembrei-me então de Jordan. Quando o fitei, vi que parecia hipnotizado. 
Não piscava e não olhava para mais nada além da figura dela.''

Segue abaixo a resenha em vídeo:


Então pessoal espero que vocês tenham gostado, eu super recomendo o livro, vocês não irão se arrepender. 
Ps: Eu gostaria de agradecer a autora por ter nos enviado esse livro e parabenizá-la por um trabalho tão bem feito. Obrigada. 

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Oi Juliana!! Desculpe não ter comentado nada antes, é que só descobri essa resenha hoje! Nunca tinha assistido a uma resenha em vídeo sobre meu livro e fiquei encantada!! Amei a experiência, foi como se você estivesse pessoalmente aqui em minha casa. rsrs E que felicidade em saber que gostou tanto assim do meu livro, nossa... É um fôlego que nós, autores nacionais, precisamos de vez em quando. Muito obrigada de coração! Espero que tenha oportunidade de ler os próximos. :3
    Beijão!!!

    ResponderExcluir
  3. Awm eu que quero te agradecer por ter nos mandado o seu livro com tanto carinho, foi uma experiência renovadora e estou muito feliz que tenha sido eu a fazer a resenha! Também espero poder ler os próximos, estou ansiosa.
    Muito obrigada, e a equipe toda do Roçar do Vento está a sua disposição e todos admiramos o seu trabalho.
    Beijos :)

    ResponderExcluir

Seu comentário nos deixará extremamente feliz, mas lembre-se: Tenha cuidado, as palavras tem poder.

- Não faça ofensas
- Não seja intolerante
- Não desrespeite a opinião alheia
- Se for divulgar, ao menos comente sobre o blog!

Não se esqueça de no final deixar o link do seu blog pra podermos retribuir, será um prazer.

Obrigada ♥
xoxo