15 outubro 2013

RESENHA: A Mulher Mais Linda da Cidade

Bom dia!

A Mulher Mais Linda da Cidade e Outras Histórias
Charles Bukowski
L&PM Pocket
Coleção 64 páginas por 5,00.
Nota: ♥♥♥♥
Uma coletânea de sete contos originalmente publicados em "Crônicas de um Amor Louco" e "Fabulário Geral do Delírio Cotidiano". O poeta dos becos imundos, dos perdedores e dos excluídos. O estranho lirismo das sarjetas, chocando e comovendo. Um realismo implacável misturado com o delírio dos bêbados. Horrível e belo, este é Bukowski, o poeta da loucura.






A mulher mais linda da cidade e outras histórias é um livro de crônicas, que faz parte de coleção de 64 páginas por 5,00 da L&PM. Contém sete histórias e todos abordam um tema cotidiano, com um vocabulário chulo, porém interessante. Eu conclui esse livro mês passado e sempre tive curiosidade para com os livros do Bukowski e esse sendo meu primeiro livro, não me arrependi. Bukowski trata temas cotidianos, como mulheres, bares e até presídio, com o vocabulário popular, de modo a não se sentir deslocado.
Só te digo que se você não gosta de bares, sexo, prisão, temas corriqueiros, tudo isso reunido de uma forma vulgar, você não gosta do Velho Bêbado. Porém, se está preparado pra sair do conforto do seus livros de romances e sobrenaturais e partir pra uma realidade mas controvérsia, deixar o livro te levar e viajar pelo tempo, não se deixando abater pelo rancor e melancolia proposto, parabéns meu caro, você pode ser um leitor do velho Buck.
A primícia desse livro pode ser o cotidiano, bebidas, mulheres e o resto, mas ele aborda de uma maneira única. No primeiro conto intitulado A Mulher Mais Linda da Cidade vemos uma prostituta, na qual o protagonista em questão - não cita nomes, mas baseado nas outras histórias, pode se deduzir que é o próprio Bukowski - começa a se relacionar. Não só sexualmente falando, mas eles se envolvem emocionalmente. Após uma briga eles se separam e quando ele volta, ao se encontrarem novamente - no mesmo bar da prima vez, não é romântico? - e os dois começaram a despir-se ele vê cicatrizes, onde ela mesma se feriu, para "acabar com sua beleza".
“Por que você luta contra sua beleza?” eu perguntei “Por que não pode simplesmente lidar com ela?”“Porque as pessoas pensam que é tudo o que tenho. Beleza não é nada, beleza não dura. Não faz ideia do quanto é sortudo por ser feio, porque se as pessoas gostam de você pode ter certeza de que é outro motivo.”“O.k.,” eu disse, “Tenho sorte.”
 A segunda história, Kid o Matadouro, é sobre um cara que tem dificuldades em se adaptar ao novo serviço, os outros tratam sobre presídio. Outro muito divertido, é o assassinato de um cara famoso, que por pura ingenuidade coloca dois bandidos horríveis dentro de casa. Depois temos um conto que rende algumas risadas. "Você aconselharia alguém a ser um escritor?"
E por último uma exposição das histórias, com personagens incorretos - ou não, independente da conduta, Buck mostra os piores limites do ser humano, do jeito mais sarcástico.

9 comentários:

  1. Olá!
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, não sei se me interessaria :(
    Mas foi bom conhecer um pouquinho mais.

    Beijos
    Jéssica
    http://www.bestherapy.net/

    ResponderExcluir
  2. Nunca ouvi falar no livro, a capa também não me chama muita atenção.
    Quem sabe não me interesso por tal. =)

    Beijos,
    http://meujardimliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu também não conhecia esse livro e ele é bem diferente do que tenho lido ultimamente por ser mais real, fiquei curiosa para conhecer as histórias principalmente está que citou "Você aconselharia alguém a ser um escritor?" deve ser bem engraçada.

    Abraços, Raquel.
    Viajando com Livros.

    ResponderExcluir
  4. Adorei o livro, adoro quando eu não conheço e sei que vou gostar da leitura!!!
    Beijinhos :)
    http://clicandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu preciso urgentemente deste livro. Sério.
    Lendo a Sinopse e a resenha vi que era algo completamente diferente do que eu imagina ao ver a capa. Fiquei muito curiosa, principalmente por ser apaixonada por contos, e se forem contadas de uma forma real e sarcástica... melhor ainda. Sem falar que o precinho tá bem em conta, vou ver se encontro pra comprar, porque parece valer muito a pena.
    Adorei a Dica.
    Beijos,
    Yasmin
    deitadosnagrama.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá querida, tudo bem?
    Primeiramente estou passando aqui para agradecer pela sua visitinha em meu blog
    e dizer também que já estou te seguindo. Poderia me retribuir também e curtir a fanpage do meu blog ? Ficarei muito agradecida =]

    Outra coisa, eu li sua resenha e achei o livro bem interessante, embora não seja o gênero de leitura que eu costumo pegar para ler. Mas eu nunca julgo antes de ler um livro. Até porque alguns podem nos surpreender. Enfim...Achei interessante. E gostei muito do seu blog também. PARABENS .
    Se cuida e fica com Deus linda

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá, agradecendo sua visita no meu blog e também te dando parabéns pela belíssima resenha.. O livro parece ser bem interessante...

    www.saotantas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oie Aline =)

    Não conhecia o livro, mas a história parece ser bem interessante.
    Parabéns pelo blog!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  9. Nunca tinha ouvido falar do livro também e sinceramente não me interessei.
    ;X De qualquer forma, ótima resenha! <3
    Xoxo

    ResponderExcluir

Seu comentário nos deixará extremamente feliz, mas lembre-se: Tenha cuidado, as palavras tem poder.

- Não faça ofensas
- Não seja intolerante
- Não desrespeite a opinião alheia
- Se for divulgar, ao menos comente sobre o blog!

Não se esqueça de no final deixar o link do seu blog pra podermos retribuir, será um prazer.

Obrigada ♥
xoxo