17 setembro 2013

Resenha: A Arma Escarlate

A Arma Escarlate
Renata Ventura
Novo Século
Orelha de Livro 

O ano é 1997. Em meio a um intenso tiroteio, durante uma das épocas mais sangrentas da favela Santa Marta, no Rio de Janeiro, um menino de 13 anos descobre que é bruxo.

Jurado de morte pelos chefes do tráfico, Hugo foge com apenas um objetivo em mente: aprender magia o suficiente para voltar e enfrentar o bandido que está ameaçando sua família. Neste processo de aprendizado, no entanto, ele pode acabar por descobrir o quanto de bandido há dentro dele mesmo. [Fonte: http://orelhadelivro.com.br/livros/68503/a-arma-escarlate/]




Resenha originalmente publicada por mim no skoob:

Estava eu pensando porque ainda não tinha um cadastro no skoob, resolvi que era uma boa forma de organizar minhas leituras e finalmente entrei no site pela primeira vez.

Já na primeira semana de uso a autora Renata Ventura me manda um recado pedindo opiniões sobre o livro de sua autoria, então fui pesquisar sobre o que se tratava.

Quando li a sinopse pensei: "Ótimo, um Harry Potter brasileiro". Parecia que seria uma cópia de Potter no Brasil ou algo do tipo, e não estava a fim de ler fanfics.

Contudo li as resenhas no skoob e me espantei com pessoas falando tão bem, descreveram um pouco os personagens e trataram de afastar meu receio de ser uma cópia de Harry.

Então cedi a curiosidade e comprei meu exemplar. Isso não acontece com muita frequência mas li as quase 500 páginas em 3 dias.

Pensar na obra como Harry Potter brasileiro é um equívoco muito grande, eu diria que a única coisa de Harry que há no livro é o conceito, o mundo criado por J.K.. Mas mesmo esse foi enriquecido, com detalhes e diferenciais essenciais, mas que não conflitam, e com nossa cultura brasileira. Nosso folclore foi inserido de maneira orgânica, era fácil se tornar galhofa, mas Renata acertou a mão nesse ponto.

Mas o que interessa são os personagens. Por mais que alguém possa ainda dizer "O livro é um plágio" e etc, eu digo: não importa o quanto o mundo seja interessante, quem faz uma boa história são os personagens". E é nesse aspecto que o livro se eleva e vai além.

Personagens com personalidades reais, identificáveis, que cometem erros estúpidos, mas compreensíveis de determinado ponto de vista. E é aí que o personagem principal se destaca, com uma personalidade muito mais complexa do que o maniqueísmo que estamos acostumados a ver, com habilidades que fazem muito mais sentido do que o típico "gênio instantâneo".
Em uma situação específica ele toma uma atitude que fui extremamente contra e achei estúpida, mas então fechei o livro e refleti no porque ele fez isso e fiquei com uma dúvida: "Eu faria diferente?".

Contudo, não creio que todos os personagens tenham sido tão bem construídos. Capí por exemplo, é de uma retidão moral admirável, mas nunca entendi o porque, deve haver um motivo para ele ser tão "certinho" que não foi mostrado. Gislene por sua vez é de uma lealdade exemplar, mas isso também não foi explicado.

Conclusão:
A leitura foi excelente, com ótimos questionamentos colocados de maneira agrádavel e não cansativa. Determinadas ações dos personagens te fazem querer devorar as páginas seguintes para descobrir qual as consequências delas. Os personagens são humanos (apesar de bruxos).

Não posso dizer que "A Arma Escarlate" é melhor que "Harry Potter", isso seria muita presunção minha.
Mas posso dizer: Gostei muito mais de "A Arma Escarlate" do que gostei de "Harry Potter".

12 comentários:

  1. A escritora também falou comigo, eu fiquei super animada, pois sou uma fã de Harry Potter, só que ainda não li o livro, mas pretendo futuramente, e se vc ta dizendo que é excelente, vou confiar na sua sua opinião hem...o/
    acervo-de-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode confiar :)
      Como ficou claro na resenha, gostei muito. E acompanhando a Renata Ventura pelo face deu pra perceber que não só o livro é muito bom, como a escritora é muito firmeza.

      Excluir
  2. Uau, eu estou pasma com a resenha.
    Eu gosto muito de Harry Potter, apesar de não ser o meu livro favorito. Assim como você, depois que li a Sinopse Harry Potter foi a primeira coisa que me veio a mente, mas ao ler sua resenha ficou bem claro que eu tinha me equivocado. Gostei bastante de sua sinceridade na resenha, e agora fiquei bastante curiosa. O livro não me parece complexo, e gosto de livros que me fazem questionar as atitudes dos personagens. Com certeza irá parar na minha lista
    Beijos,
    Yasmin
    deitadosnagrama.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai fundo que é paia, Renata Ventura mandou muito bem.

      Excluir
  3. Tenho um fraco por livros com esse tema. Mas que não seja cópia do Harry hehehhehe. Vou procurar para ler, pois me interessei.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para mim o mesmo, por isso dei uma chance pro livro, e não me arrependo.

      Excluir
  4. Leio poucos livros com essa temática, mas adorei a resenha *-*
    http://www.valeuapenaesperar.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como disse, eu acho que quem faz a história são os personagens, então a temática fica só de pano de fundo. Dê uma chance ao livro no futuro, pode pá :)

      Excluir
  5. Nunca li Harry Potter, então não teria problema algum em relação ao fato de serem parecidos os dois livros. Já conhecia A Arma Escarlate e sou curiosa pra lê-lo, ainda mais se tratando de fantasia com folclore brasileiro.
    sete-viidas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Juliana me prometeu me dar de Natal. Até hoje estou esperando. '-'

    ResponderExcluir
  7. se eu fosse vc parava de vez com essa falsidade e dissesse a verdade, pois eu perdôo gente que se engana mas mentiroso não! O vc devia ter dito é que gosta de AAE simplesmente porque foi só o 1º livro nacional fanfic de HP, nada mais e nada menos, e isso é pq vc sente muita saudade de HP e não vê mais opções ao seu redor, e se tem são todos péssimos livros. Eu queria ver se caso aparecesse outro livro fanfic de HP nacional que fizesse uma fama capaz de aparecer em jornais e reportagens se vc não iria mudar de idéia ou caísse na real sobre o que tu disse anteriormente e quem sabe reescrevesse sua resenha e colocasse menos uma ou duas estrelas.

    ResponderExcluir

Seu comentário nos deixará extremamente feliz, mas lembre-se: Tenha cuidado, as palavras tem poder.

- Não faça ofensas
- Não seja intolerante
- Não desrespeite a opinião alheia
- Se for divulgar, ao menos comente sobre o blog!

Não se esqueça de no final deixar o link do seu blog pra podermos retribuir, será um prazer.

Obrigada ♥
xoxo